Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

AuToCaRaVaNiStA

Portal AuToCaRaVaNiStA http://www.autocaravanista.pt Coordenador jbmendes

AuToCaRaVaNiStA

Portal AuToCaRaVaNiStA http://www.autocaravanista.pt Coordenador jbmendes

TABUAÇO - VISEU


Apontamento AuToCaRaVaNiStA:
Tabuaço é sede do município, dividido em 17 freguesias. Pertence ao distrito de Viseu e está incluído na região Norte e sub-região do Douro. Um municipio Duriense com boas infraestruturas Municipais, com destaque para as piscinas, o complexo escolar, Museu, Posto de Turismo, Bombeiros e GNR, na hotelaria com destaque para um novo hotel inaugurado curiosamente no dia em que estivemos aquí de visita, etc, etc. 

Uma viagem ao mundo das vindimas e das uvas que dão os excelentes néctares do vinho do Douro e do famoso vinho do Porto conhecido em todo o mundo. Atrevo-me até a dizer que é mais conhecido do que o próprio país, em países mesmo desenvolvidos como os E.U. América por vezes nos confundem com uma província de Espanha, mas o vinho do Porto estará sempre ligado à cidade do Porto e do F.C. Porto. 


Quero também salientar o simpático acolhimento do Chefe Thomas Egger proprietário do Restaurante Tábua D'aço, que nos disponibilizou o espaço para pernoita, depois de um repastado jantar no seu conceituado restaurante, já visitado por centenas de figuras públicas Nacionais e Estrangeiras, as quais se encontra expostas no mural do All de entrada do restaurante. A sua simpatia contrasta com a simpatia da sua esposa Fátima, que em amena cavaqueira nos deliciaram com uma extraordinária paisagem do interior do seu restaurante para o Douro vinhateiro, e gastronomia com um sabor tradicionalmente Português, mas com aquele toque de requinte de um mestre gourmet Tirolês de origem Austriaco. Um abraço para eles pela simpatia com que nos receberam.


             HISTÓRIA:
Esta terra, velha de séculos, está repleta de motivos de interesse.
Do período de ocupação romana, existem muitos vestígios, como o altar de São João, a via romana de Vale de Vila/Sendim, entre outras que atravessam, agora apenas em pequenos troços, o concelho de Tabuaço.
Refiram-se, também, as necrópoles de Passo Frio e de Sendim, o santuário de Santa Maria do Sabroso e de São Pedro das Águias e os sarcófagos de São Pedro das Águias, de Arcos e da Seara.
Curiosamente, encontram-se lagares de vinho e de azeite, escavados na rocha, em Arcos, na Eira do Monte, em Fontelo, na Quinta de São Martinho e em muitos outros locais do concelho.
Em termos arquitectónicos, o tempo conservou muitos monumentos fascinantes e valiosos.
As igrejas, são muitas e ricas, de origens românicas na sua maioria. Como exemplos, temos as Igrejas Românicas de São Pedro das Águias, de Barcos e de Nossa Senhora do Sabroso.
Há muitos pelourinhos importantes como os de Arcos, Granja do Tedo, Sendim ou Valença do Douro. As pontes romanas e românicas foram, na sua maioria, destruídas, mas ainda podemos ver alguns exemplares, entretanto reconstruídos, em Granja do Tedo, Távora e Santa Leocádia.
Há muitas casas solarengas, com brasão, desde o majestoso e proficuamente decorado solar até ao singelo palacete, sóbrio mas altivo.”
Na Idade Média, Tabuaço estava ligado a uma pequena paróquia anexa a Santa Maria do Sabroso. O povoado primitivo, certamente de origem castreja, confinava-se ao lugar onde a comunidade cristã suevo-visigótica levantou a ermida em honra de São Vicente. Aliás, os achados arqueológicos, como tijolos, bocados de cimento, punhais, pregos e moedas de prata e cobre falam da presença romana no local.


A igreja matriz, de invocação a Nossa Senhora da Conceição, foi construída no séc. XVII. Várias remodelações vieram a verificar-se durante os séculos XVIII, XIX e XX.
De arquitectura caracteristicamente religiosa, maneirista e barroca, os retábulos colaterais apresentam algumas características da talha joanina de transição para o período rococó.
A Igreja é, de facto, de construção medieval, de que não restam quaisquer vestígios, excepto no facto do volume da capela-mor formar um ligeiro ângulo, denunciando ser uma edificação anterior, totalmente remodelada e ampliada no séc. 18, mas com a estrutura e simplicidade maneiristas.
Fonte: www.cm-tabuaco.pt

Portal AuToCaRaVaNiStA:
www.autocaravanista.pt.vu - www.grupoautocaravanista.webs.com
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes

IGREJA ROMÂNICA DE STª MARIA DO SABROSO - TABUAÇO - VISEU



Apontamento AuToCaRaVaNiStA:
Esta Igreja Românica está situada na Freguesia de Sabroso Concelho de Tabuaço, Distrito de Viseu. Este Santuário está isolado, a relativamente a meio caminho entre o município de Tabuaço e a Freguesia de Granja do Tedo. Existe na sua envolvência um grande e moderno parque de merendas com churrasqueiras e lavatórios, de referir que se realiza aquí uma grandiosa festa em celebração da Santa Maria do Sabroso, em que este espaço fica totalmente lotado, já que é bastante concorrida.

                 HISTÓRIA:

Igreja Românica de Santa Maria do Sabroso
Construído no Séc. XIII, o imóvel é de arquitectura caracteristicamente religiosa, românica e seiscentista Neste Santuário, de veneração a Santa Maria do Sabroso, podem ainda ser apreciadas lápides sepulcrais, com cruzes e espadas esculpidas, provenientes do primitivo cemitério que envolvia a capela.
Actualmente, este é um dos locais emblemáticos e privilegiados do nosso concelho. O Santuário do Sabroso é o local ideal não só para refúgio e recolhimento mas também para uma merenda em família ou para um fim de tarde em pleno.

Portal AuToCaRaVaNiStA:
www.autocaravanista.pt.vu - www.grupoautocaravanista.webs.com
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes

ALDEIA PRESERVADA DE BARCOS - TABUAÇO - VISEU


Apontamento AuToCaRaVaNiStA:
Aldeia Duriense de Barcos é uma freguesia Portuguesa pertencente ao Concelho de Tabuaço, Distrito de Viseu. Barcos já foi sede de concelho e por esse motivo são vários os edifícios que comprovam que já foi sede administrativa de outras terras durienses em seu redor. Já não são visíveis todas as estruturas originais daquele tempo, tal como a casa da roda, que embora lá esteja implantada não se vislumbra a dita roda dos bebés, que era o local onde se colocavam os recém-nascidos quando não havia possibilidades para os criar. 

Outras estruturas estão já também descaracterizadas, infelizmente é um facto em quase todas as aldeias preservadas de Portugal. Um destaque especial para a simpatia dos habitantes sempre prontos a qualquer explicação, e uma menção especial ao Sr. Toninho do talho que se disponibilizou logo a convidar toda a gente para provar os seus licores e Porto da casa, maças etc. e ainda de bonús uma garrafa para toda agente brindar ao Toninho do talho. Um bem haja para ele, pela sua simpatia e humanidade. Daquí partimos para um jantar com vistas espetaculares para o douro vinhateiro que darei conta na rubrica dedicada a Tabuaço.

               HISTÓRIA:

Foi sede de concelho, entre 1263 e 1855, integrando as freguesias de Adorigo, Barcos, Santa Leocádia e Santo Adrião. Com a chegada das reformas administrativas do liberalismo, acabaram por ser integrar também no município as freguesias de Folgosa, Vila Seca, pinheiros e vale de Figueira.


Não se fala da Freguesia de Barcos sem falar do Santuário de Santa Maria do Sabroso e da Igreja Matriz. Importantes marcos no património arquitectónico e religioso do concelho. Mas outros exemplos arquitectónicos podem ser visitados nesta freguesia: a Casa da Roda e palacetes de famílias influentes da freguesia são dignos de apreciação.

       Igreja Matriz de Barcos:

Acesso: De Tabuaço para EN 226-2; em Barcos, a 250 m. no Lg. da Colegiada.


A igreja foi construída no séc. XIII, sofrendo depois alterações e reconstruções durante os séculos XIV, XVII, XVII e XX.
O templo comporta vários tipos de arquitectura tipicamente religiosa, românica, gótica, maneirista e barroca.



      Capela de Santo Aleixo:
Segundo a tradição, o lugar de Santo Aleixo terá servido de assento ao primeiro mosteiro da região. Existe uma pedra de fecho de um arco, sobre a porta do cemitério, que se diz ter pertencido ao primitivo mosteiro, aí existente no período da Alta Idade Média.
Era em Santo Aleixo, hoje incluída na área do Alto Douro Vinhateiro – Património Mundial, que se dava a muda de cavalos da mala-posta, e onde se tomavam as celebres sopas de cavalo cansado, conforme nos contam os mais velhos.

A primitiva capela de Santo Aleixo, ainda existente, implanta-se no topo do lugar homónimo. O templo poderá ter tido origem numa ermida dedicada, talvez desde o séc. XIII, a Santo Aleixo. Devido à sua localização, acabou por ser construída recentemente uma nova capela no meio do povo, junto à Estrada Nacional 323, para maior comodidade da população.

                                                      Capela de Santa Bárbara:

ADENDA: A Igreja Românica de Sabroso terá uma publicação própria, já a seguir aquí no Portal.

Fonte: www.cm-tabuaco.pt

Portal AuToCaRaVaNiStA:
www.autocaravanista.pt.vu - www.grupoautocaravanista.webs.com
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes

MOSTEIRO DE SANTO ANDRÉ DE ANCEDE - BAIÃO - PORTO



Apontamento AuToCaRaVaNiStA:
O Mosteiro de Santo André de Ancede está situado na freguesia de Ancede, Municipio de Baião, Distrito do Porto. Mosteiro de traçado simples com caracteristicas rurais de produção de vinho, já que está situado num espaço de enormes extenções de terrenos predominantemente vinicolas, fonte de lucro para a manutenção da ordem monástica, não descurando outras atividades agricolas indispensáveis à sobrevivencia dos monges.


HISTÓRIA:


Desde os inícios do século XII, altura em que o Mosteiro de Santo André de Ancede foi fundado, que a sua história se encontra intimamente relacionada com a produção e comercialização de vinho. Desde a época medieval que o vinho produzido no seu couto era canalizado para a cidade do Porto, integrando os circuitos comerciais do rio Douro.

Com os lucros das exportações do vinho, o Mosteiro foi-se ampliando e dignificando através da aquisição de obras de arte e das sucessivas reformulações arquitectónicas, a ponto de, no século XVIII, se ter construído o grandioso edifício dos celeiros e da adega, que juntamente com o lagar, formam hoje o espaço do Centro Interpretativo da Vinha e do Vinho.

Aqui poderá visitar uma pequena exposição sobre o ciclo da vinha e do vinho, conhecer a história deste Mosteiro, conhecer a funcionalidade destes espaços e visitar a Quinta, onde se encontram 20 painéis, em mosaico natural, com os Mistérios da Vida de Cristo.

Fonte: www.cm-baiao.pt

Portal AuToCaRaVaNiStA:
www.autocaravanista.pt.vu - www.grupoautocaravanista.webs.com
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes

Pág. 2/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

    Arquivo

    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2014
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2013
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2012
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2011
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2010
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2009
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2008
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2007
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2006
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D