Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AuToCaRaVaNiStA

Portal AuToCaRaVaNiStA http://www.autocaravanista.pt Coordenador jbmendes

AuToCaRaVaNiStA

Portal AuToCaRaVaNiStA http://www.autocaravanista.pt Coordenador jbmendes

BARBACENA - ELVAS

Apontamento AuToCaRaVaNiStA:
Barbacena é uma pequena Aldeia Tipicamente Alentejana, pacata, com gente simpática e prestável. Na gastronomia destaca-se pelas migas, a açorda Alentejana, ou ensopado de borrego, etc. O que me levou a Barbacena, foi descobrir o que resta do seu Castelo e da sua história, para além dos elementos históricos abaixo transcritos, recordo que em conversa com 2 cidadãos de Barbacena, se falou do estado de degradação do Castelo, ao que me disseram que são arranjinhos que se fazem e depois dá nisto. Desenrolando "a estória", os Câmaras Pereira, ou um dos Câmaras, não sei qual deles, comprou a propriedade do Castelo, "ainda não percebí como é que um particular pode adquirir património de interesse Nacional, e depois fazer o que quer dele! - Talvez não seja para perceber!" comprometendo-se a fazer obras, o que é certo, é que está em completo abandono, e corre grave risco de se desmoronar por completo, perdendo-se uma parte da história de Portugal, do seu património cultural e turístico. Pergunta-se: - Todo e qualquer património de interesse público, não deveria ser acautelado a todo o custo pelo poder político deste País?!
BREVE HISTORIAL SOBRE A FREGUESIA DE BARBACENA - ELVAS
historiadores da época, crê que os romanos, que conquistaram Elvas aos Celtas, se acoitaram «nuns intrincados bosques» e que junto a um ribeiro que neles corria fabricaram choças e ramadas, onde se ampararam das inclemências do tempo. Depois puseram ao local o nome de BARBARISCENA, o que quer dizer CHOÇA, ou RAMADA DO BÁRBARO. A «”CHOÇA DO BÁRBARO” não seria denominação mal posta ao dólmen que os Romanos ali encontraram e de que se utilizariam, estendendo-se depois essa denominação a todo o lugar?». Há outra Igreja, em que se venera Nossa Senhora do Paço, a que se prefaz os anos a festa da povoação, no mês de Setembro. A Igreja Paroquial de Barbacena tem por orago Nossa Senhora da Graça e é citada por Fr. Agostinho de Santa Maria, in Santuário Mariano, descrevendo a forma miraculosa que originou a sua construção. Barbacena foi concelho, criado no ano de 1273, no tempo de D. Afonso III, que lhe deu foral, sendo renovado este foral em 1519, por D. Manuel I. O concelho foi extinto e integrado no concelho de Elvas em 1 de Janeiro de 1837. Barbacena possui uma área de 31,16 km2, encontrando-se a uma distância de cerca de 14 km da sede do concelho. Num Largo da histórica vila – que teve papel de certa preponderância na Guerra da Restauração – ainda se encontra o pelourinho, de cantaria do século XVI. Consta de uma coluna com base, anel e capitel. O castelo da vila, na parte nascente, foi edificado por D. Jorge Henriques, caçador-mor do Rei D. João III. Reconstruído em meados do século XVII, com obras de fortificação segundo a táctica da época resistiu a vários ataques dos espanhóis. A parte da construção do século XVI é constituída por panos de muralhas e torreões baixos, formando quadrilátero. A entrada principal, actual, é do século XVII, com portal de pedra talhada em alvenaria, formando um frontão com dois coruchéus e coroamento.
Fonte: www.cm.elvas.pt

Portal AuToCaRaVaNiStA:
www.autocaravanista.pt.vu  - www.grupoautocaravanista.webs.com
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

    Arquivo

    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2014
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2013
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2012
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2011
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2010
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2009
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2008
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2007
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2006
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D